Boas Práticas em Saúde e Segurança do Trabalho

Carga Horária: 15h

Público Alvo: Servidores Públicos do Poder Executivo Estadual que atuam na área e Parceiros.

Ementa: Princípios da Legislação de saúde e segurança do trabalho; Conceito de Acidentes de Trabalho e doença ocupacional; Tipos de Riscos ocupacionais: físico, químico, biológico, acidente e ergonômico; Visão sistêmica no reconhecimento de riscos em diferentes ambientes de trabalho; Princípios e medidas de Prevenção e Proteção; Princípios de qualidade de vida no trabalho (QVT); Princípios da ergonomia; Atenção na utilização dos princípios de ergonomia; Indicar medidas de prevenção e proteção no ambiente de trabalho; Descrever medidas de boas práticas em saúde e segurança no trabalho.

Conteúdo Programático:

  • Princípios da Legislação de saúde e segurança do trabalho (Histórico da segurança do trabalho no Brasil e no mundo; Legislação; Normas Regulamentadoras; OIT; Constituição Federal; Hierarquia das leis); Conceito de Acidentes de Trabalho e doença ocupacional (Definição técnica legal; Aspectos sociais e ambientais; Consequências; Análise de acidentes; Causas; Condição insegura; Fator humano ou pessoal; Custos; Tipos; Comunicação de acidentes do trabalho);
  • Tipos de Riscos ocupacionais: físico, químico, biológico, acidente e ergonômico (Conceito de cada tipo de risco; Tipos de danos à saúde do trabalhador; Natureza do risco); Visão sistêmica no reconhecimento de riscos em diferentes ambientes de trabalho (Sistemas de gestão; Análise e Gerenciamento de risco);
  • Princípios e medidas de Prevenção e Proteção (Meio ambiente e condições de trabalho; Prevenção, controle e redução dos riscos de acidentes de trabalho; PCMSO);
  • Princípios de qualidade de vida no trabalho (QVT) (Definição de QV; Significado atual de saúde; Multicausalidade do processo saúde-doença; Subjetividade e Multidimensionalidade da Qualidade de Vida; Qualidade de Vida no Trabalho);
  • Princípios da ergonomia (Conceitos; As diferentes abordagens; Tipos; Postos de trabalho; Postura de trabalho; Condições visuais; Levantamento de cargas; Atividade mental);
  • Indicar medidas de prevenção e proteção no ambiente de trabalho (Identificação, hierarquização e avaliação dos riscos no ambiente laboral; EPC; EPI; Comunicação sobre as condições de trabalho; Investimento em treinamento e capacitação); Descrever medidas de boas práticas em saúde e segurança no trabalho (Estar em conformidade com as legislações e regulamentações; Comprometimento com as medidas de segurança do trabalho e saúde ocupacional).

Acesse: http://unicet.to.gov.br/