Notícias 16/06/2020 - 08:35 - Wanderson Gonçalves/Governo do Tocantins

Administração implanta mecanismo de notificação de débito via e-mail

O servidor deve manter  seus dados cadastrais atualizados O servidor deve manter seus dados cadastrais atualizados - Hellen Nunes - Governo do Tocantins

A Secretaria de Estado da Administração (Secad), por meio da Diretoria de Gestão de Folha de Pagamento, em parceria com Agência de Tecnologia de Informação (ATI), implantou um mecanismo de comunicação de débito por meio eletrônico.

De acordo com a diretora da Folha de Pagamento, Vagleia Inácio, a partir da folha de junho, a Secad passará a notificar por meio eletrônico os servidores ativos, quanto a eventuais devoluções salarias processadas automaticamente em folha de pagamento.

Através da Gerência de Apoio Técnico da Folha de Pagamento, as equipes desenvolveram uma rotina que busca compilar todos os dados dos servidores, os quais buscam informar sobre os débitos por alguma eventual movimentação na vida funcional, como por exemplo, mudanças de carga-horária, perda de função de confiança ou cargo em comissão.

Neste sentido, caso o servidor não tenha seus dados cadastrais atualizados, a diretora ressalta a importância de manter os dados como e-mail sempre em dia. “Por meio desse modelo de notificação o servidor terá ciência prévia dos descontos antes de serem efetivados no seu contracheque. Por isso a importância de manter o e-mail atualizado no Portal do Servidor, para que ele possa receber as notificações e evitar prejuízos”, informou.

O secretário de Administração, Bruno Barreto, avalia como positiva a iniciativa do setor. “É um passo importante na automatização dos processos, com esse novo modelo de comunicar os débitos, nós teremos maior eficiência da atividade administrativa a partir da economia processual e celeridade dos atos da Secretaria, levando uma resposta mais rápida os servidores. Além do mais, a ciência prévia do desconto ajuda-os a preparar melhor o seu orçamento, ou contestar, tempestivamente, eventual débito quitado", concluiu.