Notícias 17/02/2020 - 17:35 - Ascom/Secad

Secad realiza visita técnica a programas de desenvolvimento de liderança em Minas Gerais

O encontro aconteceu durante a participação do secretário, na reunião do Grupo de Trabalho das Escolas de Governo O encontro aconteceu durante a participação do secretário, na reunião do Grupo de Trabalho das Escolas de Governo - Divulgação

Um modelo inovador de capacitação e ingresso no serviço público adotado pelo governo mineiro chamou a atenção da Secretaria da Administração do Tocantins (Secad) que realizou visita técnica ao programa na Fundação João Pinheiro em Minas. O secretário da Administração, Edson Cabral, conheceu dois programas de qualificação desenvolvidos pela instituição com foco no desenvolvimento e aprimoramento de lideranças na gestão pública do Estado.

O encontro aconteceu durante a participação do secretário, na reunião do Grupo de Trabalho das Escolas de Governo coordenado pelo Conselho Nacional de Secretário da Administração (Consad), que aconteceu no mesmo local.

O governador de Minas, Romeu Zema, também acompanhou a visita e conversou com o secretário sobre a possibilidade de intercâmbio de conhecimento entre os dois Estados. Na ocasião Cabral frisou a importância do intercâmbio na administração pública. “Viemos conhecer estes programas que são voltados para a valorização e desenvolvimento de competências específicas, entre elas orientação para resultados. Acreditamos que quando o servidor tem o seu potencial e habilidades estimuladas, a gestão estabelece prioridades e as alcança” disse.

Um dos programas visitados é o  de Desenvolvimento de Lideranças, voltado para a formação em liderança do primeiro escalão do Governo do Estado de Minas Gerais. O segundo, é um modelo inovador de capacitação e ingresso no serviço público.  “Este processo funciona como um vestibular, quem é aprovado passa por uma graduação em Administração Pública, para só então, capacitado, ingressar efetivamente na carreira” afirma Cabral.

Para ser aluno do curso de Administração Pública da Escola de Governo da Fundação João Pinheiro é preciso passar por um processo seletivo concorrido. O vestibular é na verdade a primeira etapa de um concurso público e quem é aprovado estuda por quatro anos para se tornar um Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental e então iniciar a carreira no Governo. O curso é gratuito e os alunos recebem um incentivo no valor de um salário mínimo para manterem a dedicação exclusiva aos estudos.