Notícias 02/01/2020 - 08:45 - ​Wanderson Gonçalves/Governo do Tocantins.

Servidores devem ficar atentos aos critérios para contratação de consignado

Gerente de Consignação em Folha de Pagamento, da Secad, Carlos Eduardo Sobral, destaca que destaca que os critérios de análise para liberação de empréstimos são definidos pela instituição financeira Gerente de Consignação em Folha de Pagamento, da Secad, Carlos Eduardo Sobral, destaca que destaca que os critérios de análise para liberação de empréstimos são definidos pela instituição financeira - Angelica lima-governo do Tocantins

Com o retorno da liberação de consignados junto ao Banco do Brasil, a Secretaria da Administração (Secad) alerta os servidores públicos para alguns critérios  que devem ser observados na hora de contratar um empréstimo. Além do Banco, a operadora Ciasprev também oferece linhas de crédito consignado aos servidores.

De acordo com o gerente de Consignação em Folha de Pagamento da Secad, Carlos Eduardo Sobral, antes de buscar uma agência do Banco do Brasil, o servidor deve acessar o Sistema de Consignação disponível na página da Secad, o Greenconsig, e gerar uma chave de acesso que funciona como um código de validação de margem. “Reforçamos que, só depois que estiver com a chave em mão, o servidor deve procurar uma agência  do banco para solicitar o empréstimo e passar pela análise de crédito. Lembrando que não é possível contratar o consignado por telefone ou chat”, explicou.

Carlos Eduardo também destaca que os critérios de análise para liberação de empréstimos são definidos pela instituição financeira. O Estado é apenas um mediador, que fornece as informações necessárias. “Diversos critérios influenciam  na hora de liberar o empréstimo, e o o banco é que vai fazer a análise de crédito do servidor e apontar qual o valor a ser liberado. Um exemplo é que o banco não está disponibilizando empréstimos para servidores que tenham restrições no SPC e Serasa, ou que tenham feito algum tipo de negociação de dívida junto ao banco do Brasil, ou empresa de cobrança vinculada a instituição”, ressaltou.

Outro ponto, que visa, exclusivamente, o benefício ao servidor público, é que o período de carência para debitar as parcelas no pagamento pode ser de até seis meses, como destaca Sobral. “O banco oferece uma carência de até seis meses para início de desconto em folha, caso o servidor queira estender para esse prazo ele deve negociar junto ao banco e analisar suas necessidades”, informou o gerente.

Vale ressaltar que, o Estado disponibiliza o empréstimo para todos os servidores, concursados, comissionados e contratados, porém, as instituições que fornecem o crédito estabelecem critérios para liberar o empréstimo. Atualmente, as duas instituições, Banco do Brasil e Ciasprev, oferecem apenas para servidores concursados.

 

Chave de acesso

Para ter acesso à chave de acesso para solicitação de empréstimo consignado o servidor deve acessar o site da secad (www.secad.to.gov.br) e clicar no botão SIC-Servidor. Use os primeiros cinco dígitos do seu CPF como senha inicial e depois disso, altere sua senha e confirme seu e-mail em meus dados.