Notícias 12/12/2017 - 10:35 - Wanderson Gonçalves/Governo do Tocantins

Secad seleciona 74 projetos para concorrer ao Prêmio Eudoro Pedroza

Logo Eudoro Pedroza.png Logo Eudoro Pedroza.png -

No total, 105 projetos foram inscritos; desses, 74 foram deferidos e 31 indeferidos pela comissão de avalição do Prêmio Eudoro Pedroza. O servidor cujo projeto foi aprovado nessa primeira fase, tem até o dia 21 de janeiro de 2018 para encaminhar o projeto final de acordo com as normas que regem o edital.

Segundo a comissão organizadora, esse tipo de premiação além de valorizar os servidores, dá visibilidade para o desenvolvimento de ações pertinentes a sua função dentro das instituições, uma vez que possibilita, ao servidor, investir na sua capacitação profissional. Desse modo pretende-se agregar melhorias substanciais na prestação dos serviços ao Estado e à sociedade.

De acordo com o edital do certame os projetos deverão ser elaborados com clareza, consistência e objetividade, demonstrando ainda o seu caráter inovador, a sua relevância para a gestão pública, os benefícios econômicos e sociais para o Estado, bem como a sua viabilidade técnico-operacional e a relação custo x benefício para o Estado. Estes são alguns dos quesitos que serão avaliados na próxima fase.

O presidente da comissão de avaliação o secretário de Estado da Administração, Geferson Barros, reforça o seu compromisso com a valorização do servidor. “Vale lembrar que o servidor é meio e também fim, pois é ele que estabelece o elo de ligação entre governo e sociedade”, destacou.  Reforçando que o servidor valorizado fortalece todo sistema.

Valorização

Reconhecer e valorizar o talento e trabalho dos servidores do Estado do Tocantins é um dos principais motivos para a criação do Prêmio Eudoro Pedroza. Baseado nessa premissa, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Administração deu andamento no inicio do ano de 2017 a seleção de projetos que concorrem ao prêmio total de 40 mil reais, divididos em duas categorias, Gestão e Políticas Públicas.